Ludmilla relembra casamento com Brunna Gonçalves: “Ela disse sim”

Ludmilla relembra casamento com Brunna Gonçalves. As duas se casaram em dezembro do ano passado, meses após o romance ser divulgado publicamente.

TV Globo exclui Regina Duarte; entenda

TV Globo exclui Regina Duarte; o nome da atriz foi alvo de muitas polêmicas nos últimos meses.

Horóscopo desta Quarta-feira (08/07): Confira as previsões para o seu signo

Horóscopo de Hoje de todos os signos! Confira o Horóscopo do Dia e o perfil de quem nasceu nesta data e os aniversariantes famosos, por Cícero Augusto, o maior astrólogo do Brasil!

Rafa Kalimann sumiu para fazer viagem romântica, diz colunista

Rafa Kalimann sumiu para fazer viagem romântica, diz colunista. A ex-BBB desapareceu das redes sociais e assustou os fãs.

Em recuperação da Covid-19, Eliana faz contagem regressiva para sair do isolamento

A apresentadora revelou que foi diagnosticada com o novo coronavírus no final de junho

Jojo Todynho revela mudança na rotina: “Eu já acordava bebendo cerveja”

Jojo Todynho rebate críticas e detalha seu tratamento nutricional.

Marieta Severo desabafa e abre o jogo sobre ser vítima de agressão na rua por motivo inusitado

-

Marieta Severo – Reprodução

Os brasileiros são verdadeiros amantes das novelas e a cada ano conseguem provar ainda mais a paixão pelos folhetins, e Marieta Severo, expert no assunto, relembra quando estreou nas telinhas, em meados do final da década de 1960, quando viveu uma vilã assassina em ‘O Sheik de Agadir’, na Globo.

Devido a maldade da personagem, o ódio dos telespectadores ultrapassou a ficção e a atriz relembra que era xingada e chegou até mesmo a ser apedrejada nas ruas do Rio de Janeiro. A personagem em questão era conhecida por matar as pessoas com estrangulamento, além de cenas em que eram misteriosas ao exibir apenas as luvas da matadora durante o crime contra as vítimas.

“É muito interessante isso da repercussão. Quando eu fiz o Rato, eu me lembro nitidamente de que estava andando em Copacabana e me jogaram pedras. Não me machuquei, mas foi um susto enorme”, lembrou Marieta, em entrevista ao programa ‘As Vilãs Que Amamos’, do canal Viva.

“Quando eu fui apedrejada, fica parecendo que foi um monte, mas foram umas três pessoas que estavam do outro lado da calçada que jogaram [pedras]. Eu não entendia o que era aquilo, não estava preparada. Eu ouvia sempre uns certos xingamentos, essa coisa mais violenta. Ser agredida é sempre um susto”, observou.

Além de Éden, sua primeira grande vilã, tempos depois, Marieta encarnou outras antagonistas marcantes, como em ‘Deus Nos Acuda’, ‘Laços de Família’ e mais recentemente em ‘O Outro Lado do Paraíso’, esta última que lhe trouxe de volta ao gênero após mais de uma década no seriado ‘A Grande Família’.

Ao fim da atração, a atriz refletiu sobre a influência dos vilões na cultura, e sobre a atual situação do Brasil em sociedade. “A sociedade brasileira está num momento em que os valores negativos estão sendo insuflados e exacerbados. Eu vejo uma possibilidade de violência no ar muito grande. Isso também abre possibilidades do pior de cada um de nós aparecer e ser exercido. A sensação que eu tenho é de que a vilania está no ar”, finalizou.

Veja também:

Luís Gusttavo
Escreve sobre televisão e mundo dos famosos desde 2014. Apaixonado pelo mundo do entretenimento e similares, atua como redator no portal Área VIP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você por dentro!




site statistics