Rafinha Bastos (Foto: Divulgação)
Rafinha Bastos (Foto: Divulgação)

O apresentador e humorista Rafinha Bastos é torcedor do time Inter, e ficou indignado ao ver que uma senhora torcedora do Grêmio foi agredida, em frente a seu filho, na arquibancada durante um jogo.

Rafinha Bastos tomou uma atitude e começou a procurar pela mulher que foi agredida, e afirmou pelas redes sociais que a encontrou. Os presentes, serão sob o emblema do Grêmio.

Além dessa informação, ainda revelou que dará presentes à família, além da mãe e filho conseguirem ficar com a camisa que gerou toda essa triste repercussão.

O que aconteceu?

Imagens de TV, de acordo com o UOL, transmitiam o jogo e filmaram uma mulher, acompanhada de uma criança com a camisa do Grêmio em suas mãos, sendo intimidada por três torcedores do Internacional.

Os torcedores partiram para a agressão física ao tentar retirar a camiseta do Grêmio à força e empurraram a senhora torcedora.

Os seguranças do estádio precisaram agir imediatamente para evitar que a briga tomasse proporções maiores, e tentaram logo interrompê-la.

De acordo com o SporTV, essa confusão aconteceu pois a mulher e a criança não estariam localizados no setor de torcida mista – aquele setor onde as torcidas assistem ao jogo em conjunto, sem maiores confusões.

Rafinha Bastos encontra a torcedora

“Cara… que cena triste. Se alguém conhecer a mãe dessa criança, por favor me passar o contato por mensagem direta. Quero dar todos os produtos do Grêmio que ela quiser na vida”, disse o humorista.

Após a postagem a respeito da busca, uma publicação feliz de Rafinha Bastos:

“Consegui falar com a mãe agora (ela me seguia nas redes). Apesar da palhaçada, o pequeno tá bem. Ele recuperou a camisa. Combinamos a entrega dos presentes (que não pretendo postar). Tenho um filho da mesma idade e foi foda ver a imagem… mas felizmente tá tudo bem.”

O Caso e a resposta

A agressão ocorreu durante o clássico entre Internacional e Grêmio, no estádio Beira-Rio, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou no empate de 1 a 1.

De acordo com o Uol Esporte, o time Inter (que foi mandante do jogo), informou que “o segurança agiu para evitar que a torcedora e a criança sofressem constrangimento maior. A camisa recolhida foi entregue pelo servidor ao menino após eles deixarem o estádio em segurança”.

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here