Brooke Houts / Foto: Reprodução

Absurdo! A youtuber Brooke Houts acabou publicando sem querer, em seu canal do YouTube, na última terça-feira (6), um vídeo em que aparece batendo e cuspindo em seu próprio cachorro. As imagens causou uma grande revolta na web, e com razão.

Os seguidores da norte-americana imediatamente a denunciaram para à polícia e o departamento de polícia de Los Angeles passou a investigar o caso.

Para se defender, Brooke disse que “estava fazendo uma pegadinha” com seu doberman, que se chama Sphinx.

No vídeo, a jovem aparece irritada, isso porque seu cachorro faz várias interrupções, enquanto ela tenta gravar um vídeo. Irritada, Brooke segura o animal de maneira agressiva e aos gritos pede para que ele pare de pular. Em seguida ela dá uns tapas e cospe em sua cabeça.

Segundo o site do jornalista Hugo Gloss, um seguidor conseguiu gravar as imagens, que foram apagadas do canal da youtuber, que enviou para a polícia e também para as instituições LA City e PETA, através do Twitter.

A revista People informou que as autoridades de Los Angeles garantiram que estão em cima do episódio: “Estamos cientes do incidente. Nossa Força de Proteção dos Animais já recebeu inúmeras queixas sobre o vídeo e nós estamos cuidando do caso agora”.

Assista o vídeo:

Luciano Camargo diverte os internautas ao fazer relato engraçado sobre o seu cachorro

Pedido de desculpas

Brooke Houts compartilhou com seus seguidores uma extensa carta aberta onde pedia desculpas pelo o ocorrido.

“Para todos que estão comentando em minhas redes sociais ultimamente: Nada que eu disser vai fazer com aqueles que me acham má pessoa parem de pensar assim, e eu estou ciente disso. Eu peço desculpas para todos que se sentiram afetados [sic] negativamente pela filmagem”. 

Em seguida ela tenta justificar a agressão ao cachorro. “Primeiramente, quero abordar o assunto do vídeo editado. Particularmente naquele dia e durante a semana que o vídeo foi gravado, minha vida estava muito menos que excepcional. Não vou ‘pagar de vítima’ ou nada do tipo, mas quero apontar que estou tão triste quanto apareço na filmagem. A Brooke saltitante e feliz que vocês veem regulamente é tipicamente uma representação verdadeira de mim, mas óbvio que eu tô me esforçando para estar de bom humor naquele vídeo, que eu claramente estava frustada”. 

A youtuber continua tentando se explicar. “Deveria ter ficado tão brava quanto fiquei? Não. Deveria ter levantado minha voz e gritado come ele? Não. Entretanto, quando meu doberman de 35kg está pulando na minha cara com a boca aberta, eu, como mãe de um cachorro, tenho que mostrar que essas atitudes são inaceitáveis. Mas quero que saiba que independente do que meu cachorro tenha feito eu não deveria ter agido daquela forma com ele.

Brooke ainda garantiu que seu cachorro “de nenhuma maneira, se machucou com alguma ação exibida naquele vídeo”. No final a youtuber pediu para que os seus fãs dessem uma chance para que ela provasse que suas palavras vão de acordo com suas ações.

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here