Camila Morgado, a protagonista do filme Olga, viveu nesta quinta-feira, dia 9, momentos inusitados em sua carreira. Em uma locação em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro, a atriz raspou a cabeça para filmar as cenas de Olga Benário Prestes em um campo de concentração nazista.  Esse foi mais um passo em sua transformação visual que se iniciou na última terça-feira, dia 07, quando Marlene Moura, encarregada pela caracterização dos personagens, cortou seu cabelo curto, deixando-o rente  a cabeça e com falhas – como faziam as oficiais nos campos de concentração nazista. “Primeiro estava com medo de cortar o cabelo curto, mas achei que iluminou muito o meu rosto. Raspar já foi mais fácil. Estou me achando linda.”, disse a atriz. Jayme Monjardim, diretor do filme, ainda completou “Camila ficou ótima e esta é uma fase dramaticamente importante. A “careca”  funcionará como uma grande passagem de tempo”.

Enquanto Camila enfrentava o que definiu como “ritual”, Fernanda Montenegro (Leocádia Prestes) filmava com Mariana Lima (Lygia Prestes). Na cena, uma oficial alemã entrega Anita, filha de Olga, para que as duas – avó e tia, respectivamente – criem a menina. Anita nasceu no campo de concentração e foi arrancada dos braços da mãe que só soube mais tarde de seu destino. “Tudo no filme é uma despedida, um adeus que vai se prolongando. Olga nunca mais viu a filha, mas quando soube através de cartas que a menina estava com a avó, ganhou mais forças para lutar. Isto é muito emocionante. “, comentou Fernanda.

As filmagens seguem até 19 de outubro e a previsão de estréia é para abril de 2004. Olga é uma produção da Nexus Cinema e Vídeo com co-produção da Globo Filmes.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here