fbpx
domingo, 9 de maio de 2021

Últimas

Hoje no Brasil: Enquanto a Covid-19 continua fazendo vítimas, vídeo de reunião ministerial com Bolsonaro é liberado pelo STF

-

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

Comente

Veja também

- Continua após o Banner -

Exame positivo da Covid 19 e Jair Bolsonaro em reunião – Montagem Área Vip

- Continua após o anúncio -

A América do Sul já está sendo considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o epicentro mundial da pandemia do novo coronavírus. E no Brasil, os casos da doença só aumentam a cada boletim divulgado pelo Ministério da Saúde.

Nesta sexta-feira (22), o boletim diário da pasta divulgou novos números .  ão  20.803 novos casos da doença nas últimas 24 horas . O resultado de hoje supera o recorde anterior, da quarta-feira, quando 19.951 casos foram incluídos no sistema.

São Paulo continua como o estado com mais casos da doença: são 76.871 até o momento. Em seguida vem Ceará (34.573), Rio de Janeiro (33.589), Amazonas (27.038) e Pernambuco (25.760). Em relação às mortes, São Paulo também aparece na primeira posição, com 5.773 óbitos. Depois vêm Rio de Janeiro (3.657), Ceará (2.251), Pernambuco (2.057) e Pará (1.937).

- Continua após o anúncio -

Esposa de famoso ator, que está internado com coronavírus, atualiza estado de saúde após recaída

Mais cedo, o diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde, Mike Ryan, afirmou em entrevista coletiva  que a América do Sul se tornou o novo epicentro mundial da pandemia do novo coronavírus. O continente já soma 554.321 casos de covid-19 e 28.168 mortes causadas pela doença, segundo dados atualizados diariamente pela plataforma Worldometer. Mais da metade dos infectados foram reportados pelo Brasil, cujo Ministério da Saúde registrou 310.087 casos nesta quinta-feira, 22. O País também contabiliza a maior parte das mortes na região, com 20.047 óbitos.

- Continua após o anúncio -

Logo atrás no número de contaminações estão Peru (108.769 infectados e 3.148 mortos) e Chile (61.857 casos e “apenas” 630 óbitos). A Argentina, país com a terceira maior população absoluta da América do Sul, está em sexto no ranking de casos e óbitos pela covid-19, com 9.931 infecções registradas e 419 mortes pela doença.

Hoje no Brasil: Oposição pede impeachment de Bolsonaro, Crivella quer acabar com quarentena e Feriado antecipado em São Paulo aumenta índice de isolamento

De acordo com informações da  Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos superaram a marca de 95 mil mortos pela covid-19 no país, consolidando-se como a região mais afetada pela pandemia de coronavírus no mundo. Os EUA registram cerca de 1,58 milhão de contaminações, ainda segundo a universidade norte-americana.

Jair Bolsonaro em reunião ministerial – Agência Brasil

Ministro do STF autoriza divulgação de vídeo polêmico de reunião ministerial

Um assunto que vem rendendo polêmica teve mais um desfecho nesta sexta-feira (22). O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a divulgação do vídeo da reunião ocorrida em 22 de abril, citada pelo ex-ministro Sergio Moro como prova de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

O inquérito investiga as acusações feitas por Moro de que o presidente queria interferir pessoalmente na PF, ligar para diretores e superintendentes e ter acesso a relatórios sigilosos. O interesse do presidente na superintendência da PF no Rio é um dos pontos principais da investigação. Moro pediu demissão após Bolsonaro exonerar o então diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo. E um dos primeiro atos do novo diretor-geral da PF, Rolando de Souza, foi trocar o diretor da PF no Rio.

Mario Frias esclarece sobre cargo no governo e defende Bolsonaro

Bolsonaro nega que, durante a reunião, tenha defendido a troca na direção da PF do Rio para evitar que familiares e aliados fossem prejudicados. Segundo o presidente, quando falou sobre troca em “sua segurança”, ele se referia à segurança pessoal e de sua família no Rio.

Entenda o caso:

Em 24 de abril, Bolsonaro demitiu o então diretor-geral da PF Maurício Valeixo. Moro não tinha sido avisado da demissão e deixou o cargo de ministro no mesmo dia, acusando Bolsonaro de tentar interferir na corporação.

O presidente escolheu o delegado Alexandre Ramagem para comandar a corporação no lugar de Valeixo, mas a nomeação foi barrada pelo STF. No lugar de Ramagem, Bolsonaro nomeou Rolando de Souza. Logo que assumiu a diretoria-geral da PF, Souza trocou diversos superintendentes regionais da corporação, inclusive o do estado do Rio de Janeiro, berço eleitoral da família Bolsonaro.

Antônia Fontenelle revela se aceitaria cargo no governo de Bolsonaro

A decisão de tornar o vídeo público foi tomada após Advocacia-Geral da União (AGU), Procuradoria-Geral da República (PGR) e o ex-ministro da Justiça se manifestarem sobre a divulgação do vídeo. O vídeo estava sob sigilo no inquérito. No dia 12 de maio, a íntegra do vídeo foi exibida em uma sessão reservada a investigadores e procuradores da República, ao advogado-geral da União, José Levi, e ao próprio Sergio Moro.

Em vídeo liberado pelo STF, Bolsonaro dá piti e sai xingando governadores

Em um dos trechos do vídeo, um dos assuntos mais comentados desta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro chama o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, de ‘estrume’ e  João Dória, governador de São Paulo, de “bosta” .  Ele ainda cita o prefeito de Manaus.

Luciano Huck detona governo: “O Brasil está descoordenado”

Em um dos trechos, o presidente fala:  “Que os caras querem é a nossa hemorroida! É a nossa liberdade! Isso é uma verdade. O que esses caras fizeram com o vírus, esse ‘bosta’ desse governador de São Paulo, esse ‘estrume’ do Rio de Janeiro, entre outros, é exatamente isso. Aproveitaram o vírus, tá um bosta de um prefeito lá de Manaus agora, abrindo covas coletivas. Um bosta. Que quem não conhece a história dele, procura conhecer, que eu conheci dentro da Câmara, com ele do meu lado! Né?”.

Fernanda Concon reage a críticas por falar sobre política

Em outro trecho, ele ainda ataca o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que recentemente abriu covas coletivas para o sepultamento de vítimas do coronavírus.  “nós sabemos o que, a ideologia dele e o que ele prega. E que ele sempre foi. O que a … tá aproveitando agora, um clima desse, pra levar o terror no Brasil. Né? Então, pessoal, por favor, se preocupe que o de há mais importante, mais importante que a vida de cada um de vocês, que é a sua liberdade. Que homem preso não vale porra nenhuma”, disse o presidente.

Hoje no Brasil: Números do Covid-19 disparam e Bolsonaro detona João Doria, que reage

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas TV & Famosos