Jezabel - Último Capítulo (Edu Moraes/Record TV)
Jezabel – Último Capítulo (Edu Moraes/Record TV)

O desgaste no investimento em produções bíblicas na Record é evidente. A emissora não consegue mais obter os mesmos resultados vistos há pouco mais de dois ou três anos atrás. Tido como um gênero já saturado, o canal investiu pesado na produção da macrossérie ‘Jezabel’, mas obteve pouco retorno com relação aos números na audiência, ainda que a repercussão nas redes sociais provasse o contrário.

No horário nobre, inclusive, o canal reestreou na última semana a reapresentação de ‘O Rico e o Lázaro’. Anunciada como um tapa-buraco, a aposta do canal de Edir Macedo é uma justificativa para adiar para o ano que vem a estreia da próxima produção inédita baseada na Bíblia, ‘Gênesis’.

Trazendo a abordagem do início do mundo baseado na leitura sagrada, de acordo com informações da coluna Zapping, do jornal Folha de São Paulo, os olhos da cúpula do canal estão sendo voltados exclusivamente para a sucessora de ‘Topíssima’, às 19h45, no qual têm gerado ânimo diante da retomada no investimento de enredos contemporâneos e deu sinal verde para a autora, Cristianne Fridman, pudesse escrever ‘Amor sem Igual’.

Já em fase de escalação de elenco, ainda segundo a coluna, o folhetim trará a história de amor de um agricultor de uma grande cidade e uma prostituta tida como profissional no ramo. A estreia é prevista para acontecer também no início de 2020.

Futuro das novelas

Há pouco mais de quatro anos, a Record se via no auge da dua teledramaturgia, no qual nessa época estava causando dor de cabeça na concorrência para o desespero da Globo. Hoje em dia, no entanto, a emissora se viu em meio a um desgaste ao investir pesado em produções bíblicas, e voltou a investir em novelas contemporâneas, como é o caso da única inédita em cartaz atualmente, ‘Topíssima’.

De Cristianne Fridman, a obra têm rendido pontuações superiores a milionária macrossérie ‘Jezabel’, encerrada na última semana e que amargou péssimos índices ao longo de sua exibição para os padrões exigidos pela rede paulista. E, de acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, do portal UOL, a Record se encontra em meio a um ‘problemão’ pela falta de autores para desenvolver projetos para o horário das 20h30, voltado para obras inspiradas na Bíblia. Confira!

Atores da Record fazem mobilização e tentam contrato com a Globo

Globo têm sofrido com perdas importantes na área do seu jornalismo, e desde a demissão de Mauro Naves, o canal carioca viu grandes nomes pedirem arrego. Mas, enquanto há quem esteja saindo, outros nomes da concorrência sonham em tentar integrar no time de estrelas da emissora da família Marinho.

Inclusive, na última semana, Gustavo Reiz surpreendeu ao ter saído da Record e ter feito sua contratação com a estação carioca. Autor de novelas como ‘Dona Xepa’, ‘Escrava Mãe’ e ‘Belaventura’, o dramaturgo agora integra no time de novelistas da casa, e isto foi motivo para comemoração entre muitas estrelas do canal de Edir Macedo. Segundo informa a jornalista e colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, muitos profissionais sonham em trocar de emissora. Saiba mais!

Veja também:

Afiliadas da Globo e Record vivem pé de guerra em Minas Gerais



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here