Geraldo Luís no ‘Domingo Show’ – Reprodução/Record

Como se já sabe, de volta ao comando do ‘Balanço Geral SP’ em meio a demissão surpreendente de Reinaldo Gottino, hoje na CNN Brasil, Geraldo Luís ficará de fora do comando do ‘Domingo Show’ logo em breve. À frente do dominical desde o seu lançamento, mais precisamente há pouco mais de cinco anos, o apresentador será sucedido por Sabrina Sato no cargo.

+ Record decreta e Geraldo Luís permanece no comando do ‘Domingo Show’ até 2020

No entanto, diante do ritmo intenso na tentativa de promover uma gigantesca renovada no formato da atração, visto que marcará a volta da japa ao batente quase um ano após a extinção do seu programa solo, a Record decidiu por manter o jornalista na apresentação, pelo menos, até o início do ano que vem, além de adquirir direitos de exibição de realitys shows de grande sucesso da TV paga para levar ao ar entre a faixa matinal e vespertina -como ‘Irmãos à Obra’ e ‘A Pequena Grande Família’ – , visto que o programa será reduzido pela metade, passando a ter apenas duas horas de atividade no ar.

+ Sophia Abrahão abre o jogo sobre casamento com Sérgio Malheiros e adianta detalhes de gravidez

Em meio ao decreto de apostar em reprises e materiais inéditos, ao que parece, Geraldo vêm vivendo uma situação de impasse na rodagem das novas produções para o ‘DS’ nos bastidores. De acordo com informações do colunista Flávio Ricco, do portal UOL, entende-se que não há a necessidade de investir tanto assim em tantas reprises, além de inúmeras falhas técnicas e na coordenação do informativo da hora do almoço da rede paulista. Ou seja, a justificativa de não mais exibir o programa ao vivo, como de praxe, pode evitar problemas evidentes como os que têm acontecido com frequência no ‘Balanço’.

Veja também:

Fracasso, ‘Se Joga’ vira alvo de piada na Record em meio a campanha publicitária



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here