Seleção Brasileira Feminina / Foto: Reprodução

O programa ‘Encontro’ de Fátima Bernardes e o folhetim permanente ‘Malhação’ serão dois dos programas que irão ter seu tempo de apresentação reduzido durante os dias em que ocorrem jogos do Brasil. Pela primeira vez, a emissora Rede Globo vai transmitir a Copa do Mundo de Futebol Feminino, e isso deve manter a grade de programação, porém, vai “espremer” o tempo de alguns programas para que se encaixem nessa grade.

Na sexta-feira (7) ocorrerá a cerimônia de abertura dos jogos, e isso não deve afetar a programação normal da Globo. Porém, a partir do primeiro jogo, que ocorre no domingo (9), o primeiro a sofrer redução será o Esporte Espetacular. Na quinta-feira (13), está marcado o jogo Brasil e Austrália, o que deve encurtar o programa ‘Encontro’, bem como os jornais locais, como o SP1 e o RJ1.

O Jornal Hoje deve começar bem antes do horário normal, terminando logo antes da partida, que deve iniciar às 13h. Na terça-feira (18) todas as novelas serão encurtadas, principalmente ‘Malhação: Toda Forma de Amar’, e a partida começa às 16h. Daí em diante, a adaptação da programação vai depender dos resultados dos próximos jogos da seleção brasileira.

A emissora deve seguir seu padrão de cobertura de Copas, mas terá mais mulheres atuando, como Ana Thais Matos (comentarista), Carol Barcellos e Lizandra Trindade (em campo, acompanhando a seleção).

Reforço Feminino

Embora a emissora tenha escalado mais mulheres para a cobertura da Copa do Mundo Feminina de Futebol, uma presença feminina constante no esporte ficou de fora: Fernanda Gentil. Ela chegou a desabafar sobre seu sentimento de chateação ao não participar da cobertura, utilizando-se das redes sociais para isso, e ainda foi apoiada por uma fã no Twitter que revelou estar “desacreditada que a jornalista (Fernanda Gentil) não cobriria o evento, e revelou estar triste”.

Veja também: 

  • Colaborou: Juliana Beolchi


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here