fbpx

Após quebra-pau com Caio Coppolla, Edgard Piccoli processará página apoiadora de Bolsonaro

-

Victor Arioli
Jornalista diplomado com passagem pelo portal IG. No portal Área VIP é redator especialista em informações sobre o mundo das celebridades e da telinha.

Comente

Veja também

BBB21: Gilberto e Sarah definem alvo para o próximo paredão

Gilberto e Sarah não estão descansando no 'BBB 21'.

BBB21: Lumena deixa o reality com 61,31% dos votos

A psicóloga foi a eliminada desta edição

Zoe surge em mais um momento fofura e encanta seguidores de Sabrina Sato

A pequena. que completou 2 aninhos em novembro, faz sucesso nas redes sociais

Edgard Piccoli e Caio Coppolla /Reprodução MorningShow

O programa ‘Morning Show‘, da Rádio Jovem Pan, nesta última terça-feira (30), contou com um verdadeiro quebra-pau envolvendo o apresentador Edgard Piccoli e o comentarista Caio Coppolla. A discussão se tornou um dos assuntos mais comentados do dia rapidamente.

Logo, o perfil ‘Isentões’, do Twitter, de viés ideológico parecido com o de Caio Coppolla e pró-governo, sugeriu que Edgard Piccoli recebeu verba federal em 2017. “Não vi o Edgard criticar com tanta frequência os presidentes anteriores. Ficou chateado por não receber mais a ‘boquinha’ do governo?”, disse a página.

O apresentador, então, ao ver o comentário, explicou o verdadeiro motivo e acusou o perfil de caluniá-lo: “Vocês acabaram de cometer um crime. Pagarão pelas regras legais. Tudo devidamente printado. Vale informar que a ação do Ministério da Saúde foi feita pela Jovem Pan no Morning Show e meu justo e merecido cachê foi uma fração que some frente ao valor aí editado no intuito do crime”.

Um pouco mais tarde, outra página pró-governo ‘Ódio do Bem’, questionou a resposta do apresentador: “Qual foi o crime que o lsentões cometeu? Divulgar o print de uma informação pública? Ô bicho, doido!”, que retrucou: “Caluniou e difamou ao atribuir à minha pessoa, valor que nem eu, nem minha empresa recebemos jamais”.

Agressão na rádio

O programa ‘Os Pingos Nos Is’, apresentado pelo jornalista Felipe Moura Brasil, na Rádio Jovem Pan, do dia 30 de maio, contou com uma situação um tanto quanto desagradável. O repórter Marcelo Mattos foi cercado e agredido por manifestantes durante o protesto realizado na Avenida Paulista contra o contingenciamento de recursos no Ministério da Educação.

A confusão começou quando um homem, que não foi identificado, invadiu a transmissão, e gritou palavras como ‘fascista e canalhas’, e por aí não parou. No vídeo podemos encontrar manifestantes xingando e ameaçando o jornalista Marcelo Mattos. Um mais exaltado, por sua vez, peitou o repórter e disparou: ‘Vai tomar no **’. Veja!

Veja também:

Marco Antonio Villa é afastado da Jovem Pan
Amanda Ramalho deixa oficialmente o ‘Pânico’ na rádio
Após deixar a Jovem Pan, Marco Antonio Villa comenta boatos de novo trabalho

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP - TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos Famosos - Clique Aqui!

Victor Arioli
Jornalista diplomado com passagem pelo portal IG. No portal Área VIP é redator especialista em informações sobre o mundo das celebridades e da telinha.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu assisti pela web. E, acredito que, como âncora do programa, Edgar merece respeito. Ser chamado de medíocre e dizer que com seu tempo de profissão não aprendeu nada, foi , no mínimo, falta de educação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas TV & Famosos