MSN

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Após quebra-pau com Caio Coppolla, Edgard Piccoli processará página apoiadora de Bolsonaro

O apresentador do Morning Show, que discutiu com Caio Coppolla nesta última terça-feira (30), processará um perfil do Twitter; veja!

-

-

Victor Arioli
Victor Arioli
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Edgard Piccoli e Caio Coppolla /Reprodução MorningShow

O programa ‘Morning Show‘, da Rádio Jovem Pan, nesta última terça-feira (30), contou com um verdadeiro quebra-pau envolvendo o apresentador Edgard Piccoli e o comentarista Caio Coppolla. A discussão se tornou um dos assuntos mais comentados do dia rapidamente.

- Continua após o anúncio -

Logo, o perfil ‘Isentões’, do Twitter, de viés ideológico parecido com o de Caio Coppolla e pró-governo, sugeriu que Edgard Piccoli recebeu verba federal em 2017. “Não vi o Edgard criticar com tanta frequência os presidentes anteriores. Ficou chateado por não receber mais a ‘boquinha’ do governo?”, disse a página.

O apresentador, então, ao ver o comentário, explicou o verdadeiro motivo e acusou o perfil de caluniá-lo: “Vocês acabaram de cometer um crime. Pagarão pelas regras legais. Tudo devidamente printado. Vale informar que a ação do Ministério da Saúde foi feita pela Jovem Pan no Morning Show e meu justo e merecido cachê foi uma fração que some frente ao valor aí editado no intuito do crime”.

Um pouco mais tarde, outra página pró-governo ‘Ódio do Bem’, questionou a resposta do apresentador: “Qual foi o crime que o lsentões cometeu? Divulgar o print de uma informação pública? Ô bicho, doido!”, que retrucou: “Caluniou e difamou ao atribuir à minha pessoa, valor que nem eu, nem minha empresa recebemos jamais”.

- Continua após o anúncio -

- Continua após o anúncio -

Agressão na rádio

O programa ‘Os Pingos Nos Is’, apresentado pelo jornalista Felipe Moura Brasil, na Rádio Jovem Pan, do dia 30 de maio, contou com uma situação um tanto quanto desagradável. O repórter Marcelo Mattos foi cercado e agredido por manifestantes durante o protesto realizado na Avenida Paulista contra o contingenciamento de recursos no Ministério da Educação.

A confusão começou quando um homem, que não foi identificado, invadiu a transmissão, e gritou palavras como ‘fascista e canalhas’, e por aí não parou. No vídeo podemos encontrar manifestantes xingando e ameaçando o jornalista Marcelo Mattos. Um mais exaltado, por sua vez, peitou o repórter e disparou: ‘Vai tomar no **’. Veja!

Veja também:

Marco Antonio Villa é afastado da Jovem Pan
Amanda Ramalho deixa oficialmente o ‘Pânico’ na rádio
Após deixar a Jovem Pan, Marco Antonio Villa comenta boatos de novo trabalho

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Victor Arioli
Victor Arioli
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!