Fabio Porchat / Foto: Reprodução

O ator e humorista Fábio Porchat está vivendo um dos melhores momentos de sua vida. Casado há dois anos com Nataly Mega e com um programa só para chamar de seu em no canal GNT, ele celebra a vida.

Márvio Lúcio, o Carioca, dispara contra Fábio Porchat: “não tem caráter”

Em entrevista à Revista Quem, ele abriu o jogo para falar sobre o trabalho e a vida pessoal. Questionado em dar um passo a mais na relação com Nataly, Fábio Porchat revelou desejo, mas, também um medo:

+ Fábio Porchat comenta período em que trabalhou na Record: “Saiu um peso”

“Ainda estou na dúvida. Minha mulher tem vontade de ser mãe. Eu não tenho vontade de ser pai, porque nos dias de hoje é muito difícil educar um filho. E isso me apavora, A gente não sabe mais o que é certo e o que é errado. Na verdade, querer ter um filho não é um sonho que sempre tive”.

Difícil? Fábio Porchat revela medo em sua vida e dispara: “É um horror”

Questionado sobre trabalho, Fabio Porchat falou da interferência do ‘politicamente correto’ em sua vida: “Não sei se isso é chato. O que eu acredito é que a gente tem que entender o tamanho do barulho. Às vezes, nós damos muito valor para o que duas pessoas causaram na internet. Como se isso fosse um negócio grandioso. Mas hoje em dia podemos falar uma coisa legal, por exemplo  ‘Jesus é um ser legal’, sempre terá uma pessoa que dirá que não sabe se gosta disso. Sempre haverá polêmicas em qualquer assunto. Tudo vira uma tragédia. O que acontece é que escutam 10 pessoas gritando e acham que foi terror. Isso porque a mídia social e a internet são produtos novos para nós e não sabemos lidar. A tragédia de 10 pessoas que falando que não gostaram disso ou daquilo não pode nos apavorar, agora quando 10 mil pessoas fazem barulho, então,  sim, é motivo para se preocupar”, disse ele.

 



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here