Silhueta Cantor/Reprodução

É lamentável que crimes de ódio tenham se tornado algo tão diário no nosso dia dia. Desta vez, nesta última sexta-feira (12), mais uma mulher foi vítima de violência doméstica após uma briga entre namoro. A vítima em questão foi assassinada pelo ex-namorado, famoso cantor, vocalista de uma conhecida banda de forró.

De acordo com informações do site Bahia Notícias, Daiane Oliveira Mota foi morta a facadas pelo ex, Alessandro Souza dos Santos, cantor da banda Chamego Bom, no distrito de Amado Bahia, no município de Mata de São João. O motivo, claro, não poderia se outro: o criminoso não aceitou o fim do relacionamento, e após ter protagonizado uma discussão com a mossa, praticou o ato.

De imediato, a Samu da região foi convocada, entretanto Daiane não resistiu, e veio a falecer aos 22 anos. O artista ainda segue foragido, e, procurada, a assessoria de imprensa da banda, comandada pelo empresário, informou que o cantor não é o vocalista oficial do grupo musical, e que foi contratado apenas para cumprir com a agenda dos festejos do São João, que ocorrem tradicionalmente em junho. Mais detalhes não foram divulgados.

Daiane e Alessandro – Reprodução

Cantor é preso por tráfico e abuso infantil aos 52 anos

É, meus amigos. Hoje em dia artistas de grande nome estão causando surpresa com atitude criminosas e um tanto revoltantes, e desta vez, não diferente, um famoso cantor norte-americano, de 52 anos, foi preso na noite desta última quinta-feira (11), segundo informações concedidas pelo site TMZ e a NBC New York.

O motivo? Para quem não sabe, não é a primeira vez que o artista se envolve em casos de polícia, mas destra vez, ele estava sendo alvo de investigações por ter supostamente abusado sexualmente quatro pessoas, sendo três delas, menores de idade… Saiba mais!

Cantor sofre com tentativa de assalto e é atingido com bala na cabeça

Uma notícia pegou muitos de surpresa nesta última segunda-feira (8). Isso porquê, na madrugada do dia anterior, um cantor gospel foi baleado na cabeça em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Os disparos foram feitos contra o carro do artista, que encontra-se num estado totalmente grave, entre a vida e a morte, de acordo com informações do site G1.

Conhecido entre o público protestante, o compositor foi encontrado pela polícia ferido, jogado no chão, e o carro encontrou-se com as portas abertas. De imediato, o compositor foi socorrido e levado ao Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. Nas redes sociais, uma mobilização de oração promovida pelos parentes está começando a surtir repercussão. Confira detalhes!

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here