Claudio Manoel – Reprodução/SBT

Quem que não sente saudades daquela época do ‘Casseta e Planeta’?! Um dos maiores humorísticos da televisão na década passada, a trupe era o maior fenômeno no auge do seu sucesso, e Claudio Manoel, um dos nomes que liderava a equipe, foi o entrevistado do ‘The Noite’. A entrevista, que iria ao ar na última segunda (27), só veio ao ar nesta quarta (29), devido a homenagem do talk show feita para Gabriel Diniz, morto num acidente aéreo. O ex-Casseta fez uma análise sobre a forma no qual o humor passou a ser feito.

O comediante relembrou a época em que as piadas eram abordadas de forma mais saudável, sem problematização. “Existia essa preocupação de fazer o que não tinha sido feito. A grande onda era esgarçar os limites, ninguém falava de ser incorreto”, recorda. Claudio ainda analisou a nova forma das emissoras de produzir os humorísticos, e destacou o poder da imprensa sobre. “Hoje todo mundo é mídia, tem uma audiência, uma plateia. A TV Aberta mudou muito: você grava a piada na véspera e ela já fica velha. A TV saiu do caminho que a gente tinha para as temporadas”, observa.

+ Cantores sertanejos tomam atitude definitiva após morte de Gabriel Diniz

+ Globo anuncia demissão de Maju Coutinho e Adriane Galisteu e causa desespero nos bastidores

+ Padre Fábio de Melo faz revelação sobre alcoolismo e desabafa: “Eu perdi a alegria”

Claro, o politicamente correto não passou despercebido, e o humorista desabafou como afeta nos dias de hoje. “As pessoas querem ter uma segurança, uma certeza que vão passar a vida com direito de não serem ofendidas. É bizarro. Qualquer crítica que você faça é enquadrada em discurso de ódio”, lamenta. Se até o comandante do programa, Danilo Gentili, é motivo de confusão web diante do seu posicionamento político, Claudio fez esclarecimentos sobre o assunto.

Claudio Manoel – Reprodução/SBT

“Nunca na mesma eleição votamos todos na mesma pessoa, sempre zoávamos todo mundo. O que fiz de piada sacaneando quem eu votei…”, revela ele, que ainda explicou como lidava com as proibições feitas aos seus ex-colegas de trabalho. “Nosso primeiro telefonema de ‘não pode’ foi: ‘não pode sacanear ninguém de outras emissoras’. Depois não podia mais sacanear publicidade, aí criamos as Organizações Tabajara. Seu Creysson candidato foi uma reação à legislação eleitoral”, explica.

No ‘The Noite’, Danilo Gentili debocha de prisão e alfineta Fábio Porchat

Danilo Gentili - Foto: Reprodução/SBT
Danilo Gentili – Foto: Reprodução/SBT

Durante a exibição do seu programa, Danilo Gentili fez questão de comentar à respeito da condenação a seis meses de prisão em regime semiaberto, por ter praticado injúria contra a deputada federal Maria do Rosário. A decisão, anunciada nas últimas semanas, desde então repercutiu entre os internautas e as celebridades.

O contratado do SBT não perdeu a oportunidade e ainda exibiu memes à respeito do assunto, e não perdeu a oportunidade de alfinetar outros humoristas, como Fábio Porchat, que chegou a critica-lo pelo fato de ter gravado um vídeo rasgando a notificação extrajudicial do processo. Saiba mais!

Veja também:

Danilo Gentili recebe troféu Prêmio Área VIP pelo The Noite



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here