Atriz Mila Moreira – Reprodução

Conhecida por inúmeros trabalhos memoráveis ao longo das décadas passadas, mais precisamente entre 1980 e 1990, Mila Moreira concedeu uma entrevista reveladora para o programa ‘TV Fama’, da RedeTV!, desta última terça-feira (5), e compartilhou sobre caso de síndrome do pânico. Segundo ela, o problema foi adquirido ainda na infância.

+ Internautas criam campanha para ‘eleger’ a atriz Vera Holtz presidenta nas redes sociais

“É gravíssimo, muito triste. Eu descobri só adulta que eu tinha isso desde criança. Estudava em colégio de freiras, elas chamavam meus pais porque eu dizia que estava morrendo”, recordou a artista de 70 anos. A doença a fez chegar a pesar apenas 48 quilos. “Era síndrome do pânico. Uma crise incrível. Não conseguia comer, não conseguia nada. E continuava trabalhando porque quem precisa tem que ir”, disse.

+ Atriz de ‘Bom Sucesso’ fala sobre beleza: “A gente não fica gata para sempre”

Após ter abandonado as passarelas para engatar sua carreira como atriz nas telinhas, no qual estreou em meados de 1979 na novela ‘Marrom Glacê’, ela revelou que planejou melhorar mais na função ao longo do tempo. “Hoje em dia, todas as atrizes modelam, estão desfilando. Na época, achavam: ‘você não estudou’. Então, fui estudar. Fui para Nova York, fiquei 8 meses, porque eu queria ter certeza do que estava fazendo. Fiquei muito insegura achando que eu não sabia nada. Depois que fiz o curso, falei ‘agora sei do que se trata'”, contou.

“Meu marido me espera”, diz atriz de Malhação que está há 3 meses sem ir para casa

Carreira

Antes mesmo de ter começado na Globo, ela já foi convidada para atuar como produtora na Band, e foi convidada pelo falecido autor Cassiano Gabus Mendes, a integrar na sua novela. Tamanho talento, inclusive, fez com que ela integrasse em praticamente todas as suas novelas desde então, sendo as mais conhecidas: ‘Plumas e Paetês’, ‘Elas por Elas’, Ti Ti Ti’, ‘Que Rei Sou Eu?’, ‘Meu Bem, Meu Mal’. Além delas, atuou em outras tramas como ‘Gabriela’, ‘A Indomada’, ‘A Próxima Vítima’ e o seu trabalho mais recente, ‘A Lei do Amor’, em 2016.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here