Rubens Ewald Filho / Foto: Reprodução

Morreu nesta quarta-feira (19) aos 74 anos de idade, o crítico de cinema Rubens Ewald Filho. Ele estava internado no Hospital Samaritano, na região central de São Paulo, desde o mês de maio, quando teve um desmaio em um shopping e acabou caindo da escada rolante, precisou passou por um tratamento cardiológico e das fraturas decorrentes da queda, mas não resistiu.

Rubens Ewald era nacionalmente conhecido por seu talento na transmissão da cerimônia de entrega do prêmio Oscar na Rede Globo. Ele possuía uma grande memória cultural com várias referências interessantes sobre os filmes e atores.

O crítico publicou vários livros sobre o cinema, como ‘Os 100 Melhores Filmes do Século 20’, ‘Os 100 Maiores Cineastas’, ‘Dicionário de Cineasta’s e ‘O Oscar e Eu’.

Nascido em Santos, Rubens assistiu a mais de 37 mil filmes, além disso, fez trabalhos como roteirista de novelas como ‘Gina’, ‘Éramos Seis’, ‘Drácula, Uma História de Amor’ e ‘Iaiá Garcia’, entre outras. Como ator teve participações em filmes como ‘Independência ou Morte’ e ‘Amor Estranho Amor’.

Ele, vale lembrar, também escreveu para o ‘Jornal da Tarde’, ‘O Estado de S. Paulo’ e para a revista ‘Veja’ e trabalhou na Globo, Cultura e no canal TNT onde participou de transmissões do Oscar.

A internação 

O jornalista e crítico de cinema Rubens Ewald Filho foi internado em estado grave no dia 23 de maio, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Samaritano em Higienópolis, na região Central de São Paulo. A notícia é do portal G1 e segundo eles, a informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital.

Ainda de acordo com o Hospital Samaritano, Ewald Filho foi internado após sofrer um desmaio seguido de uma queda de escada rolante. O crítico de cinema passa por tratamento cardiológico e das fraturas decorrentes da queda.

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here