William Bonner – Reprodução: Instagram

Embora seja tido como sério demais no ‘Jornal Nacional’, William Bonner, sempre quando pode, compartilha de alguns momentos bem ‘gente como a gente’, popularmente falando. Na edição da noite desta última segunda-feira (21) do principal jornalístico da Globo, foi veiculado uma reportagem sobre ligações indesejadas de telemarketing.

+ Rodrigo Bocardi se surpreende com jornalista cantando ao vivo e causa com reação

O que causou surpresa foi justamente o fato do apresentador e editor-chefe do noticiário do horário nobre ter feito um desabafo de algo comum que lida com frequência. “É uma pena, porque eu não sou o Samuel, nem o Adailton e eu não sou a Jéssica, gente”, brincou, citando os famosos nomes pelos quais é questionado ao receber telefonemas do serviço. “Já tem três nomes”, ironizou Renata Vasconcellos, sua colega de bancada.

+ Ao vivo, ‘Bom Dia Brasil’ sofre problemas técnicos e Ana Paula Araújo comete gafe

Na reportagem, o número de reclamações sobre o serviço subiu em torno de expressivos 65% em dois anos. Ainda durante a matéria, foi destacado que em alguns estados existe uma lei que obriga as empresas a terem os cadastros atualizados para evitar os telefonemas, em sua maioria, um tanto desnecessários.

+ Ao vivo, Rodrigo Bocardi se atrapalha, erra durante justificativa e tenta contornar situação

No início deste mês, inclusive, os telespectadores puderam ficar surpresos ao se depararem com um ‘chilique’ dado por Bonner durante um link ao vivo direto da edição deste ano do Rock in Rio. “A gente precisa dizer que aqui no ponto eletrônico, que a gente usa para trabalhar, alguém teve a feliz ideia de colocar o retorno do Rock in Rio. Feliz ideia. Nós estamos com os metaleiros [no ouvido] até agora. Ao pessoal da técnica, parabéns pela excelente ideia”, ironizou, bem-humorado, na ocasião, conforme compartilhado aqui no seu Área VIP.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here