fbpx
sexta-feira, 14 de maio de 2021

Últimas

Hoje do Brasil: Números da Covid-19, Doria propõe retomada e dono da Havan é investigado

-

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

Comente

Veja também

- Continua após o Banner -

Coronavírus continua fazendo vítimas, João Doria e Luciano Hang – Montagem Área Vip

- Continua após o anúncio -

O Brasil registrou 1.086 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora, subiu para 25.598 o número de vítimas fatais da doença no país, segundo o  Ministério da Saúde. A pasta  também atualizou para 411.821 o total de casos confirmados da Covid-19 no Brasil. De ontem para hoje, foram 20.599 diagnósticos positivos.

Essa foi apenas a segunda vez que o ministério registrou mais de 20 mil casos de Covid-19 em um período de 24 horas, depois do recorde de 20.803 casos notificados em 22 de maio.  O Brasil é o segundo país com maior número de casos de coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, que possuem 1.701.644 infecções confirmadas.

Monica Carvalho se cura do Coronavírus: ”Só tenho a agradecer a Deus”

- Continua após o anúncio -

A divulgação diária dos números da Covid-19 no Brasil pelo Ministério da Saúde não indica que as infecções e óbitos tenham necessariamente ocorrido nas últimas 24 horas, mas sim que os registros foram inseridos no sistema no período.

De acordo com a pasta, São Paulo continua sendo o Estado mais afetado pela doença no Brasil, com 89.483 casos –alta de 3.466 na comparação diária– e 6.712 mortes, avanço de 289 em 24 horas. Na sequência da contagem por Estados realizada pelo Ministério da Saúde vem o Rio de Janeiro, com 42.398 casos e 4.605 mortes, acompanhado pelo Ceará, que possui 37.275 infecções confirmadas e 2.671 óbitos.

- Continua após o anúncio -

Pesquisa Datafolha diz que maioria da população quer  ‘lockdown’

Uma pesquisa realizada pela Datafolha aponta que 60% dos brasileiros são favoráveis ao ‘lockdown’, a quarentena mais radical para combater a transmissão do novo coronavírus. Já 36% são contrários, 2% não souberam responder e 1%, se dizem indiferentes.

O levantamento feito entre segunda-feira (25) e terça-feira (26) mostra que, apesar de apoiar o ‘lockdown’, o brasileiro vem cada vez menos aderindo ao isolamento social. As informações são da Folha de S.Paulo.

Hoje no Brasil: Novos casos de Covid-19, nomes cotados para o Ministério da Saúde e Dória volta a falar em Lockdown

A pesquisa apontou também que os mais ricos, que ganham acima de 10 salários mínimos, são também os mais refratários à ideia – 50% são contra, empatados com 47% a favor. A pesquisa ainda  aponta ainda que cresceu o apoio à ideia de que pessoas que não estejam em grupos de risco possam sair, apesar de a doença ter se mostrado bastante democrática no quesito. Agora, são 52% que defendem isso, ante 46% que acham que todos devam ficar isolados para conter o vírus. Em 27 de abril, os índices eram exatamente inversos.

O apoio à ideia é maior no Nordeste: 69% são a favor do ‘lockdown’. Com 54% de apoio, a região Sul é a menos favorável. O instituto ouviu 2.069 adultos por telefone celular. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Em meio a polêmicas, Bruno Gagliasso contrata advogado para combater fake news sobre ele

João Doria – Instagram

João Dória propõe ‘retomada consciente’, mas prorroga quarentena até 15 de junho

O  governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (27)  um novo modelo de quarentena no Estado. A quarentena foi prorrogada até o dia 15 de junho, mas haverá flexibilização da medida em algumas regiões a partir de 1º de junho para a retomada da atividade econômica. “Hoje é um dia importante pra São Paulo e os 46 milhões de brasileiros de São Paulo. Estamos anunciando a retomada consciente a partir de 1º de junho. Manteremos a quarentena até 15 de junho, mas com a retomada de algumas atividades econômicas”, disse o governador.

Hoje no Brasil: Números da Covid-19 no país, Doria prorroga quarentena em SP e OMS decide sobre cloroquina

O governador ressaltou, ainda, que vem seguindo orientações seguras para tomar decisões em torno da reabertura do comércio.  “Todas as decisões do governo em relação à Covid-19 foram pautadas pela ciência e medicina. Aqui não há achismos.”

De acordo com Doria, a retomada será dada nas cidades que tiverem redução consistente no número de casos, nas que tiverem disponibilidade de leitos nos hospitais públicos e privados, e nas que obedecerem o distanciamento social. O uso de máscaras continuará sendo obrigatório. “O vírus afetou fortemente a economia do Brasil e do Estado que lidera a economia do Brasil. Mantivemos 74% das atividades em funcionamento no Estado”, disse Doria. “A nova fase do Plano São Paulo não é um relaxamento, mas um ajuste fino de acordo com as necessidades regionais. E temos dados técnicos para garantir essa retomada segura”, assegurou.

Hoje no Brasil: Números do Covid-19 disparam e Bolsonaro detona João Doria, que reage

Luciano Hang é investigado em inquérito de Fake News – Instagram

Polícia Federal cumpre mandados de busca na investigação de Fake News

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quarta-feira (27)  vários mandados de busca e apreensão contra aliados e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro no inquérito que apura fake news e ataques contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Foram cumpridos 29 mandados no Distrito Federal, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina. O inquérito é presidido pelo ministro Alexandre de Moraes.

Entre os investigados está Luciano Hang, um dos fundadores da Havan, rede de lojas de departamentos com mais de 15 mil funcionários. O empresário  ganhou notoriedade por críticas ao PT nas redes sociais e pelo apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Hang é considerado um dos empresários mais ativos nas redes sociais e acusado de financiar disparos irregulares de mensagens de WhatsApp na campanha eleitoral de Jair Bolsonaro em 2018. Alexandre Moraes determinou a quebra de sigilo fiscal e bancário do empresário.

Hoje no Brasil: Enquanto a Covid-19 continua fazendo vítimas, Governador do Rio é investigado pela PF e acusa família Bolsonaro

O blogueiro Allan dos Santos, outro apoiador de Jair Bolsonaro e pessoa próxima dos filhos do presidente , também está sendo investigado. Ele  dono do site ‘Terça Livre’. Em março do ano passado, o site citou dois posts falsos, atribuídos à repórter Constança Rezende, do jornal  O Estado de S. Paulo.  para desmoralizá-la  nas redes sociais com o objetivo de atacar a cobertura do caso que envolve o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, e o ex-assessor dele, Fabrício Queiroz.

Outros to deputados bolsonaristas também são alvos da operação da PF deflagrada nesta manhã, no âmbito do inquérito das fake news. Entre eles estão  Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Daniel Lúcio da Silveira (PSL-RJ), Filipe Barros (PSL-PR), Junio do Amaral (PSL-MG), Luiz Phillipe Orleans e Bragança (PSL-SP) e os deputados estaduais Douglas Garcia (PSL-SP) e Gil Diniz (PSL-SP).

Veja o que Mário Frias, novo secretário de Bolsonaro, pensa sobre cultura

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas TV & Famosos