Globo Logo/Reprodução TV Globo
Globo Logo/Reprodução TV Globo

Sucesso na Globo, o seriado ‘Carcereiros’ ganhou nova temporada e logo voltará às telas do canal. Othon Bastos, um dos destaques do seriado que volta ao ar no próximo dia 16 de abril, se mostrou insatisfeito com o rumo que os roteiristas responsáveis pela produção deram ao seu personagem nesta nova leva de episódios.

Em entrevista ao jornalista Vinicius Andrade, do UOL, ele desabafou sobre seu sentimento de incompreensão: “Eu levei um susto muito grande. Até hoje eu não entendi. Até hoje o que eu escuto dos autores eu não entendi. Eu faço porque sou ator e tem que fazer”, disse o intérprete.

“Os autores que me desculpem, mas eu não entendi porque esse homem [Tibério], que tem uma ética carcereira, esse homem que leva uma vida inteira ensinando ao filho o que ele deve fazer, como ele deve agir… De repente, na segunda fase, eu me torno…”, prosseguiu Bastos, antes de ser interrompido por Rodrigo Lombardi no evento de lançamento da série.

Série Carcereiros/TV Globo
Série Carcereiros/TV Globo

Repleta de surpresas, a segunda temporada do seriado trará o papel de Othon, que passará a ter uma condição de vida melhor, e que manterá seu relacionamento com Solange, encarnada por Samantha Schmütz, no qual engatou nos últimos episódios da última temporada. As condições financeiras do pai causarão desconfiança em Adriano, o protagonista vivido por Rodrigo Lombardi.

Carcereiros volta ao ar a partir do dia 16, com seus 14 episódios distribuídos todas às terças-feiras.

Por conta de série, Rodrigo Lombardi coloca sua saúde em risco

O ator Rodrigo Lombardi é o protagonista da série ‘Carcereiros’, exibida pela TV Globo, e para interpretar o seu personagem, o ator acabou colocando a sua saúde em risco.

Isso porque, em entrevista ao Notícias da TV, o global contou que durante as gravações da série, que em breve estreará a sua segunda temporada, ele realizou a dieta do sono, e como consequência, teve picos de estresse, se alimentou mal e sofreu com crises de pressão alta.

O ‘recurso’ da dieta do sono, foi algo descoberto por Rodrigo ainda nas filmagens da primeira temporada, logo após ele ter sido convidado para interpretar o papel às pressas, pois, antes, o mesmo era previsto para o ator Domingos Montagner, que acabou morrendo em 2016, após um mergulho no rio São Francisco.

“Dormia quatro horas por noite. A dieta do sono foi uma coisa que eu tive a iniciativa de fazer na primeira temporada, mas se eu não fizesse ela viria. Só precisei adiantar um pouco. Na segunda temporada, veio também. O volume de de trabalho é estressante. Todas as cenas são muito conflituosas, intensas. A tensão é muito grande, e isso acaba indo pra vida do ator”, contou o ator… Saiba mais!

Veja também:

Após saída da Globo, Fernando Rocha anuncia novidade



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here