Roberta Chevitarese – Reprodução/Globo

O ‘Bom Dia São Paulo’ desta quinta-feira (15), rendeu um momento curioso. Isso porquê, uma repórter do jornalístico matinal da Globo causou ao interromper a reportagem ao vivo para prestar um ato de solidariedade sobre um idoso, ao avisar que ele havia deixado a carteira cair ao atravessar a rua.

Roberta Chevitarese estava na zona leste da capital paulista, quando, de forma coincidente ou não, falava sobre a travessia da Avenida Nordestina, próxima à esquina com a rua Sembira, no bairro de São Miguel. “Caiu ali senhor, a sua carteira”, avisou, quando viu o homem identificado como Marcelo deixando cair o objeto do bolso. “Olha só, o pedestre atravessando correndo e deixou a carteira cair no chão”.

Sem perder o momento, Roberta aproveitou para entrevistar o moço. “Atravessar aqui se não tomar cuidado perde a carteira e pode até ser atropelado né?”, perguntou. “Verdade, atropela, se machuca”, respondeu o idoso, que pediu a instalação de um semáforo na via, em prol de evitar acidentes.

Após afastamento devido grave acusação, repórter retorna trabalho dentro da Globo

A jornalista Ana Helena Goebel gerou uma verdadeira confusão nos bastidores da Globo. O motivo? Para quem não sabe, ela foi acusada em meados de junho após supostamente ter ajudado o marido, Gianfranco Petruzziello, e forçar a saída do jogador Cuéllar do Flamengo, que coincidentemente – ou não -, é agenciado por uma empresa do companheiro da profissional.

O escândalo, inclusive, foi motivo para a direção global parar suas funções. Pouco mais de dois meses após ter supostamente gerado conflito de interesse, ela já retomou suas atividades, e nos próximos dias poderá ser vista de volta às telinhas, de onde havia ‘sumido’ desde que a polêmica veio à tona e culminou no seu afastamento. Confira!

Repórter da Globo é acusada de maltratar morador de rua

Clima tenso e de muita confusão nos bastidores da Globo. A repórter Sabina Simonato foi criticada por telespectadores na edição desta terça (6) do Bom Dia São Paulo. Ela fez reportagem ao vivo sobre a dificuldade de pessoas que vivem nas ruas do centro de São Paulo e sofrem com as noites frias da cidade. A repórter entrevistou um homem que havia dormido na rua, e, a partir daí, as críticas começaram.

Sabina foi acusada de tratar o morador com ‘nojo’ e ‘desconforto’. Ao entrevistar o rapaz, Sabina comentava sobre o vento frio que batia e as baixas temperaturas, por serem severas. Ao questionar o morador pelo fato de não ter procurado um abrigo, o mesmo disse que já havia arrumado briga por lá. De repente, o entrevistado insinuou em fazer críticas contra as “autoridades brasileiras”. Entenda!

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here