Cristiana Oliveira – Reprodução: Instagram

Neste domingo, 12, comemora-se o Dia das Mães, para muitas pessoas o dia é de muita alegria, de beijos e abraços e muito colo. Porém, para outras pessoas pode ser bastante difícil e cheio de saudades.

A atriz Cristiana Oliveira, usou sua rede social para relembrar e homenagear sua querida mãe, a Dona Eugênia, que faleceu em 2008 em seus braços. Com um click antigo, ela lembrou os últimos dias de vida dela: “Minha mãe Eugenia. Você me ensinou o que de mais importante valorizo em um ser humano: honestidade, integridade, lealdade, bom caráter, generosidade”, começou ela.

“Soube me dar limite e ao mesmo tempo depois de 9 filhos, eu sendo a caçula, me deu carinho e amor…Apesar de ter características diferentes da sua geração, tenho o melhor que podia me ensinar. Sinto falta do seu colo, de mexer nas gordurinhas debaixo do seu braço, do seu cheirinho de colônia de neném, do seu olhar aconchegante, mesmo que estivesse me repreendendo. De me chamar de “Cristiana” quando queria me dar bronca, de Krika quando estava carinhosa, do seu orgulho do que conquistei na minha vida. Voce durante anos não conseguia dizer que me amava, mas quando envelheceu e relaxou mais sabendo que já tinha minha independência, dizia que me amava sempre que podia!”

“Lembro quando roubava ( com a minha permissão) meus batons e minhas maquiagens, quando vinha na minha casa e me dizia: “ Voce conquistou aquilo que sonhava, filha! “
Morreu nos meus braços quando eu tinha 43 anos. E com 43 anos, vc me teve… Que Deus esteja com vc Genoca ( como papai te chamava) e saiba que sua família tá aqui, esperando o dia de te encontrar… TE AMO, MÃE!”, finalizou ela.

Confira o registro:

View this post on Instagram

Minha mãe Eugenia. Você me ensinou o que de mais importante valorizo em um ser humano: honestidade, integridade, lealdade, bom caráter, generosidade. Soube me dar limite e ao mesmo tempo depois de 9 filhos, eu sendo a caçula, me deu carinho e amor…Apesar de ter características diferentes da sua geração, tenho o melhor que podia me ensinar. Sinto falta do seu colo, de mexer nas gordurinhas debaixo do seu braço, do seu cheirinho de colônia de neném, do seu olhar aconchegante, mesmo que estivesse me repreendendo. De me chamar de “Cristiana” quando queria me dar bronca, de Krika quando estava carinhosa, do seu orgulho do que conquistei na minha vida.Voce durante anos não conseguia dizer que me amava, mas quando envelheceu e relaxou mais sabendo que já tinha minha independência, dizia que me amava sempre que podia! Lembro quando roubava ( com a minha permissão) meus batons e minhas maquiagens, quando vinha na minha casa e me dizia: “ Voce conquistou aquilo que sonhava, filha! “ Morreu nos meus braços quando eu tinha 43 anos. E com 43 anos, vc me teve… Que Deus esteja com vc Genoca ( como papai te chamava) e saiba que sua família tá aqui, esperando o dia de te encontrar… TE AMO, MÃE!

A post shared by Cristiana Oliveira (@oliveiracris10) on

Nos comentários, os seguidores elogiaram muito a mãe de Cristiana: “Eu me emocionei aqui, lindo texto, lindo carinho, lindo amor, linda mãe”, “Nossa ,fiquei emocionada“, “Que linda sua mãezinha”, “Q belas palavras de carinho …te admiro ainda mais”.

Xuxa Meneghel lamenta um ano da morte de sua mãe

Xuxa Meneghel – Reprodução: Instagram

Já dizia aquela velha frase: ‘Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós’. A apresentadora Xuxa Meneghel usou sua rede social neste dia 08 de maio, para e lamentar a saudade de sua querida mãe, a Dona Alda, que faleceu aos 81 anos. Confira!

Confira também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here