Fernanda Gentil / Instagram

A jornalista Fernanda Gentil usou suas redes sociais na manhã desta sexta-feira (7) para mandar um recado para as jogadoras da seleção brasileira feminina de futebol. Nesta sexta, acontece a abertura da Copa do Mundo Feminina na França, e o evento já é considero histórico, já que pela primeira vez uma TV aberta transmitirá os jogos.

No Instagram, Gentil postou uma foto das jogadores e ressaltou a importância histórica que cada uma delas representam, porque as mulheres precisam sempre quebrar paradigmas. E aproveitou para afirmar sua torcida por elas nesse torneio tão importante.

“Ei, meninas…. não vim aqui dizer que o que vale é participar. E nem que agora que vocês já chegaram na Copa de novo, tá ótimo. Porque claro que até aqui é uma vitória, mas eu sei que pra vocês a medalha no peito é a glória. Mas vim lembrar que a principal batalha dessa vida vocês já levaram: ser mulher e defender um país jogando futebol. Conhecer o mundo fazendo o que ama. Dar a cara à tapa para que muitas outras caras possam sorrir com vocês. E lá se foram todos os tipos de barreira!”, começou o texto.

“Vocês, meninas-mulheres-jogadoras-donas de casa-mães-filhas-irmãs muitas vezes já acordaram antes do sol e dormiram depois da lua. Já conseguiram o impossível como por exemplo lutar sempre, ao mesmo tempo, com força e doçura pela visibilidade que mereciam ter naturalmente… mas já que ela não veio de forma orgânica, bora lá buscar de forma merecida. E vocês foram! E ela chegou: a Copa Feminina agora é pro país inteiro ao vivo”, continuou.

Fernanda Gentil lamenta estar fora da cobertura da Copa do Mundo Feminina

“Eu, como mulher, jornalista esportiva, tendo trabalhado com esporte por 13 anos, já me sinto com a medalha no peito – é isso que vocês nos proporcionam. Que sejam mais e mais faladas, vistas e celebradas, de todas as maneiras e de maneira igual: com torcida, bandeiras, palmas, gritos e vuvuzelas! Nos estádios, nas ruas e nas casas. Me dói sim não participar da cobertura e ver vocês de perto, mas explicar pra Seleção Brasileira Feminina de Futebol que essa vida é feita de escolhas e novos desafios é no mínimo redundante, né? Aliás sorte a nossa que vocês escolheram vestir essa capa verde e amarela e jogar por ela; prova de que não só o filho, mas a filha tua também não foge à luta”, ressaltou.

“E eu escolho agradecer duplamente vocês por isso; como mulher e amante do esporte. Pisem em campo com a certeza de quem chegou lá, e a vontade de quem quer ir além. Com a garra de quem já esqueceu que venceu na vida, mas com a leveza de quem lembra como é bom. Divirtam-se! Joguem! Corram! Disputem! É lindo de ver as batalhas pessoais de vocês, e emocionante viver a conquista coletiva da gente. Obrigada. E aconteça o que acontecer, voltem pra casa sabendo que a Copa do Mundo de 2019 já é mais um capítulo escrito na história – e com a letra de vocês”, escreveu a Fernanda.

Veja o post: 

View this post on Instagram

Ei, meninas…. não vim aqui dizer que o que vale é participar. E nem que agora que vocês já chegaram na Copa de novo, tá ótimo. Porque claro que até aqui é uma vitória, mas eu sei que pra vocês a medalha no peito é a glória. Mas vim lembrar que a principal batalha dessa vida vocês já levaram: ser mulher e defender um país jogando futebol. Conhecer o mundo fazendo o que ama. Dar a cara à tapa para que muitas outras caras possam sorrir com vocês. E lá se foram todos os tipos de barreira! Vocês, meninas-mulheres-jogadoras-donas de casa-maes-filhas-irmãs muitas vezes já acordaram antes do sol e dormiram depois da lua. Já conseguiram o impossível como por exemplo lutar sempre, ao mesmo tempo, com força e doçura pela visibilidade que mereciam ter naturalmente… mas já que ela não veio de forma orgânica, bora lá buscar de forma merecida. E vocês foram! E ela chegou: a Copa Feminina agora é pro país inteiro ao vivo. Eu, como mulher, jornalista esportiva, tendo trabalhado com esporte por 13 anos, já me sinto com a medalha no peito – é isso que vocês nos proporcionam. Que sejam mais e mais faladas, vistas e celebradas, de todas as maneiras e de maneira igual: com torcida, bandeiras, palmas, gritos e vuvuzelas! Nos estádios, nas ruas e nas casas. Me dói sim não participar da cobertura e ver vocês de perto, mas explicar pra Seleção Brasileira Feminina de Futebol que essa vida é feita de escolhas e novos desafios é no mínimo redundante, né? Aliás sorte a nossa que vocês escolheram vestir essa capa verde e amarela e jogar por ela; prova de que não só o filho, mas a filha tua também não foge à luta. E eu escolho agradecer duplamente vocês por isso; como mulher e amante do esporte. Pisem em campo com a certeza de quem chegou lá, e a vontade de quem quer ir além. Com a garra de quem já esqueceu que venceu na vida, mas com a leveza de quem lembra como é bom. Divirtam-se! Joguem! Corram! Disputem! É lindo de ver as batalhas pessoais de vocês, e emocionante viver a conquista coletiva da gente. Obrigada. E aconteça o que acontecer, voltem pra casa sabendo que a Copa do Mundo de 2019 já é mais um capítulo escrito na história – e com a letra de vocês.

A post shared by Fernanda Gentil (@gentilfernanda) on

Rebeca e Iris Abravanel prestigiam Pato em dia de jogo

Demissão da Rádio Globo

Fernanda Gentil falou sobre sua saída da Rádio Globo: “Nos tempos de hoje, quem não dança conforme a música fica parado. E tudo o que vocês estão fazendo é justamente o contrário: se mexendo, reinventando e reformulando a todo momento, para que não fiquem parados nessa linda metamorfo.” comentou a jornalista. “Esse tempo de Convocadas e Papo de Almoço me deu muito: reflexões, lições, gargalhadas, emoções, e agora já me trazem muita saudade também”, justificou a apresentadora. Saiba mais!

Veja também:

Programas globais se “apertam” para transmitir Copa do Mundo Feminina



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here