Aguinaldo Silva e Bolsonaro – Montagem/Reprodução

Os planos desenvolvidos pelo presidente Jair Bolsonaro acerca de um editorial na seleção de produções audiovisuais para a televisão, especialmente na suspensão de obras com temática “diversidade de gênero”, despertou a irritação de famosos, e dentre eles, o autor Aguinaldo Silva se mostrou mostrou revoltado com a medida do atual Governo Federal.

Em meio ao desabafo, o dramaturgo global chegou a comparar a medida com a perseguição aos homossexuais sofrido em meados da década de 1970, quando o Brasil enfrentava o período da Ditadura Militar. “Nós, gays e etc., teremos que nos esconder ou então correr da polícia de novo como acontecia na década de 70? É o que parece”, escreveu o autor na manhã desta quarta (21), ao compartilhar a notícia que tratava do assunto.

Pouco após o breve desabafo, o veterano e contratado da Globo, que concluiu seus trabalhos recentemente com a novela ‘O Sétimo Guardião’, apagou a publicação, mas não foi o suficiente, e logo de imediato os seus seguidores começaram a repercutir a mensagem.

Aguinaldo Silva e Bolsonaro – Montagem/Reprodução

Corte na aposentadoria

Aguinaldo Silva, autor de novelas, usou a rede social, para afirmar que sua aposentadoria esta suspensa após cometer um erro. Com a vida corrida, ele esqueceu de fazer um procedimento importante, solicitado pelo INSS. Ele informou que esqueceu de fazer a ‘prova de vida’, que consiste em ir até o representante do governo para atualizar seu cadastro. Nas redes sociais, ele desabafou sobre o ocorrido. Confira!

Contrato por um fio na Globo

Após tantos impasses para finalmente colocar ‘O Sétimo Guardião‘ no ar, a novela chegou ao fim para ser esquecida. Com um elenco estrelar, mas com um enredo cercado de realismo fantástico, tido como confuso e com protagonistas sem química, a audiência da trama das nove não decolou, e fechou com um dos menores públicos dos últimos anos do horário nobre.

O autor Aguinaldo Silva, vencedor do Emmy Internacional, tirou férias das telinhas, mais precisamente até meados de julho de 2020, e seu vínculo contratual com a Globo encerra-se meses depois, em setembro. Ainda sem nenhum rumor de possível renovação na casa, Aguinaldo já está fazendo planos para o futuro. Entenda!

Veja também:



12 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here