Boechat - Gugu - Paulo Henrique (Reprodução/Instagram)
Boechat – Gugu – Paulo Henrique (Reprodução/Instagram)

O ano de 2019 foi um ano muito marcante, mas nem sempre no sentido positivo da palavra. Na verdade, com tantas tragédias teve gente até pedindo para o ano acabar logo. As mortes de diversos famosos deixaram uma ponta de angustia em muitos brasileiros que admiravam tais artistas.

Confira a lista de famosos que tiveram mortes trágicas e chocaram o país

De janeiro até dezembro grandes nomes do meio artístico partiram e deixaram muitas saudades. Uma das mortes mais marcantes deste ano, com certeza, foi a do comunicador Gugu Liberato que mobilizou todo o país em um coro de muita emoção.

Com a quantidade notícias tristes que rondaram este ano, demos mais foco nas mortes de artistas brasileiros, e separamos os principais nomes dos famosos que partiram em 2019.

Confira fotos e abaixo um breve resumo:

Janeiro 

Sertanejo Marciano: O cantor morreu aos 67 anos, em sua casa localizada em São Caetano do Sul, São Paulo. Marciano sofreu um infarto fuminante, no dia 18 de janeiro.

Caio Junqueira: O ator morreu em um acidente de carro no Aterro do Flamengo, aos 42 anos. Caio chegou a passar dias internado, mas não sobreviveu e faleceu no dia 23 de janeiro. Um dos principais trabalhos de Junqueira foi no filme ‘Tropa de Elite’ como o aspirante Neto.

Wagner Montes: O apresentador e político morreu no dia 26 de janeiro, aos 64 anos. Wagner estava internado por conta de uma infecção urinária, mas não resistiu. O comunicador ganhou notoriedade após comandar programas policiais na Record TV.

Fevereiro

Ricardo Boechat: Um dos grandes nomes da comunicação brasileira, Ricardo Boechat, morreu no dia 11 de fevereiro. Boechat estava em um helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, a aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que passava pela via. Além do jornalista, o piloto também faleceu.

Deise Cipriano: A integrante do ‘Fat Family’ morreu aos 39 anos, por conta de um câncer na região abdominal. Deise chegou a passar 19 dias em coma, mas não sobreviveu. A artista morreu no dia 12 de fevereiro.

Bibi Ferreira: A cantora, de 96 anos, morreu do coração, em sua casa no Rio de Janeiro. Bibi acordou e pediu um copo d’água. A enfermeira que cuidava dela logo percebeu que o batimento da também atriz estava baixo. Bibi faleceu no dia 13 de fevereiro.

Roberto Avallone: O jornalista esportivo morreu aos 72 anos, no dia 25 de fevereiro. Roberto se sentiu mal e foi levado ao hospital, chegando lá, o comunicador não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

Março

Luke Perry: Aos 52 anos, o ator da série ‘Riverdale’, morreu no dia 4 de março. Luke foi internado após sofrer um Acidente Vacular Cerebral, mas não resistiu.

Demétrius: No dia 11 de março, o ídolo da jovem guarda faleceu em São Paulo. Aos 76 anos, Demétrius fez muito sucesso nos anos de 1960. A morte do cantor morte decorreu de uma infecção generalizada.

Domingos Oliveira: Aos 83 anos, o ator e diretor faleceu em sua casa, no Leblon, Rio de Janeiro, no dia 23 de março. Domingos estava escrevendo no computador quando se sentiu mal e não resistiou. O auge da carreira de Oliveira começou em 1963, momento em que estreou na Rede Globo e idealizou a programação da emissora.

Maria Isabel de Lizandra: A atriz, que se consolidou por papéis em ‘Vale Tudo’ e ‘Mulheres de Areia, partiu aos 72 anos. Ao chegar no hospital, Maria foi diagnosticada com um quadro de pneumonia e não sobreviveu. Ela morreu no dia 15 de março.

Márcia Real: No dia 15 de março, a dubladora e atriz faleceu aos 88 anos. A causa de morte de Márcia não foi divulgada. A carreira da comunicadora, que tinha como nome verdadeiro Eunice, começou na Rádio Tupi.

Abril

MC Sapão: Um dos grandes nomes do funk atual faleceu no dia 19 de abril. MC Sapão estourou após lançar a música ‘Vou Desafiar Você’, mas já havia produzido diversos projetos. O funkeiro tinha 40 anos e morreu após lutar contra um quadro grave de pneumonia.

Tales Cotta: O modelo faleceu no dia 27 de abril, enquanto fazia uma das coisas que mais amava: desfilar. Tales estava na passarela da São Paulo Fashion Week (SPFW), quando, de repente, passou mal e caiu no chão. A causa da morte foi diagnosticada como um mal súbito. O profissional tinha 26 anos e desfilava pela marca Ocksa.

Caroline Bittencourt: A modelo e apresentadora foi encontrada morta aos 37 anos. Carol havia desaparecido no dia 28 de abril, mas foi no dia seguinte que o corpo foi encontrado. A fatalidade aconteceu porque a modelo estava em um barco com o marido Jorge Sestini, em Ilhabela, São Paulo, e foram atingidos por um vendaval.

Beth Carvalho: Um dos maiores nomes do samba faleceu no dia 30 de abril, no Rio de Janeiro. Aos 72 anos, Beth Carvalho tinha um câncer na coluna e estava internada desde o começo do ano no Hospital Pró-Cardíaco.

Maio

Antunes Filho: O diretor morreu no dia 2 de maio, aos 89 anos. Antunes era considerado um dos principais nomes do teatro brasileiro. Após sentir-se mal, Filho foi internado e descobriu que estava com um câncer no pulmão em estado avançado.

Lúcio Mauro: Um dos grandes atores da televisão brasileira faleceu no dia 11 de maio. Lúcio Mauro estava internado em um hospital para tratar problemas respiratórios, mas não sobreviveu. Além de deixar um grande legado nas telinhas, principalmente na ‘Escolinha do Professor Raimundo’, o ator deixou o filhol Lúcio Mauro Filho que segue trilhando os caminhos artísticos do pai.

Lady Francisco: No dia 25 de maio, uma das atrizes mais conhecidas da televisão faleceu aos 84 anos. Lady estava internada desde o final de abril para tratar as complicações de um pós-operatório de correção de uma fratura no fêmur. A cirurgia no local precisou ser realizada após atriz cair enquanto passeava com os cachorros. O último trabalho de Lady foi em ‘Malhação: Vidas Brasileiras’.

Gabriel Diniz: Assim como a morte do cantor Cristiano Araújo em 2015, a partida de Gabriel também abalou de uma forma muito grande o país, principalmente o cenário sertanejo. O jovem de 28 anos havia conquistado seu espaço após lançar a música ‘Jenifer’ que estourou nas paradas de sucesso. Além de cantar, o artista era lembrado pelo bom humor que costumava levar por onde passava. Ele morreu no dia 27 de maio, em uma queda de avião.

Junho

Flora Diegues: Logo no começo do mês, no dia 2, a notícia da morte da atriz pegou a todos de surpresa. Flora havia participado recentemente da novela ‘Deus Salve o Rei’ e tinha apenas 34 anos. A atriz morreu por conta de um câncer no cérebro que lutava para superar há três anos.

Sônia Guedes: A atriz faleceu aos 86 anos, no dia 3 de junho, e segundo informações divulgadas pelo SBT, a causa da morte foi um câncer. A estreia de Sônia na televisão foi em 1972, em ‘Vila Sésamo’. Ao longo da carreira, a artista participou de muitas produções na TV Globo, mas seu último trabalho foi em 2014, em ‘Chiquititas’, na emissora de Silvio Santos.

Serguei: O famoso roqueiro morreu no dia 7 de junho, no Rio de Janeiro. Ele estava internado e o estado de saúde era complicado. Serguei tinha um quadro de desidratação, desnutrição e infecção urinária. O artista partiu aos 85 anos.

Lafayette Galvão: O ator e escritor morreu aos 83 anos, no dia 7 de junho. A causa da morte não foi divulgada, mas Lafayette estava internado para cuidar da saúde. Sua última aparição em uma trama aconteceu em 2009, na novela ‘Malhação’.

André Matos: O roqueiro faleceu no dia 8 de junho, em decorrencia de uma parada cardíaca. André partiu aos 47 anos e construiu sua carreira na cena músical. Ele estava comandando a banda Shaman, mas se consolidou com fundador e vocalista do grupo brasileiro de metal Angra.

Rafael Miguel: O ator foi morto no dia 9 de junho, aos 22 anos. A morte do jovem artista chocou o país, devido ao tamanho da barbaridade. Além do ator, foram mortos os pais de Rafael. O pai da namorada do jovem foi apontado como o autor do crime, que atacou a família quando eles chegavam ao local. Rafael participou de ‘Chiquititas’ e também ficou famoso pelo comercial ‘Mãe, compra brócolis’.

Clóvis Rossi: O jornalista morreu no dia 14 de junho, aos 76 anos, quando ainda se recuperava de um infarto. O comunicador se consolidou no jornal ‘Folha de S.Paulo”, veículo onde trabalhava desde 1980.

Rubens Edwald Filho: O crítico de cinema morreu aos 74 anos. Rubens estava internado desde maio, após desmaiar em um shopping, quando acabou caindo da escada rolante. Com a queda, ele precisou passar por um tratamento cardiológico e de fraturas, mas não resistiu.

Paulo Pagni: O baterista do RPM morreu no dia 22 de junho. Paulo estava internado há dias em estado grave na UTI, em um hospital localizado em São Paulo. Ele partiu em decorrência do agravamento das condições respiratórias que surgiram por conta de uma forte pneumonia.

Julho

Patrícia Araújo: A modelo transexual morreu no dia 6 de julho, no Rio de Janeiro. Aos 37 anos, Patrícia sofria de depressão e estava internada para tratar a doença. Além de ocupar seu espaço nas passarelas, a modelo também participou de novelas e filme. Patrícia esteve em ‘Salve Jorge’ e no filme ‘O Vendedor de Sonhos’.

Duda Molinos: O maquiador das celebridades faleceu aos 54 anos. No dia 7 de julho, Duda estava em casa, em São Paulo, quando teve uma parada cardiorrespiratória.

Cameron Boyce: O ator, que ficou famoso ao atuar em filmes e séries da Disney, faleceu precocemente aos 20 anos, no dia 6 de julho. Cameron morreu ao ter uma convulsão.

Denise Nickerson: A atriz faleceu no dia 10 de julho após sofrer um acidente vascular cerebral. Denise tinha 61 anos e ficou famosa ao participar da primeira versão do filme ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’.

Paulo Henrique Amorim: O jornalista faleceu no dia 10 de julho. Ele comandava o ‘Domingo Espetacular’, na Record TV, mas já havia passado por diversas redações, inclusive chegou a trabalhar na Rede Globo. Paulo morreu aos 76, após ter um infarte.

David Hedison: Aos 92 anos, o ator morreu no dia 18 de julho, em Los Angeles, Estados Unidos. A causa da morte de David não foi divulgada. Ele ficou conhecido ao participar de dois filmes da franquia de 007.

Doris Day: No dia 13 de maio, a atriz e cantora americana faleceu aos 97 anos. Doris faleceu em casa, na Califórnia.

Juarez Soares: No dia 23 de julho, o jornalista, de 78 anos, faleceu após lutar contra um câncer no reto. Juarez construiu sua carreira dentro de grandes emissoras. Passou pela Rede Record, SBT, Bandeirantes e, recentemente, pela RedeTV.

Ruth de Souza: No dia 28 de julho, a atriz morreu aos 98 anos, após passar dias internada por conta de uma pneumonia. Ruth se consolidou por ser a primeira artista negra a se apresentar no Theatro Municipal. A presença de Ruth na cena artística representava também resistência. Na televisão, ela foi a primeira negra a protagonizar uma novela, em ‘A Cabana do Pai Tomás’.

Agosto

João Carlos Barroso: Aos 69 anos, o ator, que marcou a dramaturgia brasileira, faleceu no dia 13 de agosto. João Carlos também enfrentava um câncer e acabou não resistindo. Na televisão, o artista ficou famoso ao participar de ‘Estúpido Cupido’, em 1976 e ‘Roque Santeiro’, 1985.

Kito Junqueira: O ator e político morreu aos 71 anos, em Curitiba, em decorrência de um infarto. A morte foi anunciada no dia 23 de agosto. Kito iniciou a carreira no ano de 1973, ao participar da novel ‘As Divinas’.

Fernanda Young: A escritora, atriz e roteirista morreu aos 49 anos, no dia 25 de agosto. Fernanda teve uma crise asma seguida de uma parada cardíaca. Seu último trabalho foi na peça ‘Ainda Nada de Novo’, que estava em cartaz na Grande São Paulo.

Setembro

Elton Medeiros: O sambista faleceu aos 89 anos, no dia 3 de setembro, em Laranjeiras, no Rio de Janeiro. A morte ocorreu por conta de complicações devido a uma pneumonia. Elton foi o compositor responsável por ‘O Sol Nascerá’, em parceria com Cartola, canção que serviu de tema de abertura para a novela ‘Bom Sucesso’, da Rede Globo.

Roberto Leal: O cantor português morreu aos 67 anos, em decorrência de um melanoma maligno que atingiu o fígado, resultando numa síndrome de insuficiência hepato-renal. Roberto partiu no dia 15 de setembro.

Ric Ocasek: O vocalista da banda ‘The Cars’ foi encontrado morto em Nova York, no dia 15 de setembro. Ric tinha 75 anos e a causa da morte não foi divulgada.

Outubro

Robert Foster: No dia 11 de outubro, o ator, que participou de quase 200 filmes e programas de televisão, morreu vítima de um câncer no cérebro. Robert faleceu aos 78 anos, na casa onde morava, em Los Angeles, Estados Unidos.

Daniel Johnston: O cantor e compositor americano morreu aos 58 anos, após sofrer uma parada cardíaca. Daneil já sofria com esquizofrenia e transtorno bipolar, portanto sua saúde já estava fragilizada. No dia 11 de outubro Johnston não resistiu.

Maurício Sherman: No dia 17 de outubrou faleceu um dos grandes nomes da cena artística do país. O diretor de TV, Maurício Sherman, morreu aos 88 anos. Sherman contruiu uma grande carreira, principalmente dentro da Rede Globo, ajudando na criação de programas como ‘Fantástico’ e ‘Zorra Total’. O diretor morreu em casa, em decorrência de complicações de doença crônica renal.

Saulo Gomes: O jornalista morreu no dia 23 de outubro, aos 91 anos, após sofrer um infarto. O jornalista foi responsável por importantes momentos do jornalismo no país. Em 1968, Saulo teve a oportunidade de entrevistar o médium Chico Xavier.

Walter Franco: O ícone da vanguarda faleceu no dia 24 de outubro, vítima de um Acidente Vascular Cerebral. Walter partiu aos 74 anos e deixou uma grande marca na cena musical. Ele teve suas canções gravadas por nomes como Chico Buarque, Titãs, Leila Pinheiro e outros artistas.

Jorge Fernando: Uma das grandes perdas de 2019, com certeza foi a do diretor e ator Jorge Fernando. Ele era conhecido pela sua irreverência e bom humor. O artista morreu no dia 28 de outubro, aos 64 anos, após passar mal e ser levado ao hospital. Ele já havia sofrido um AVC, em 2017 e lutava para se recuperar totalmente. Este ano, Jorge chegou a participar da novela ‘Verão 90’.

Heloísa Raso: A atriz faleceu no dia 31 de outubro, aos 64 anos. Ela estava internada em um hospital no Rio de Janeiro, mas a causa da morte não foi confirmada. Na Rede Globo, Heloísa protagonizou novelas como ‘Anjo Mau’ e Estúpido Cupido’.

Novembro

Silvinho: No dia 2 de novembro, o cantor faleceu aos 87 anos. Silvinho fez muito sucesso no começo dos anos 60 e ficou conhecido ao compôr a canção ‘Quem É?’, em parceria com Maurílio Lopes.

Tuka Rocha: O ex-piloto morreu em um triste acidente de avião no dia 17 de novembro. Tuka faleceu aos 36 anos e deixou grandes marcas de vitórias no meio automobilistico.

Reinaldo, o Príncipe do Pagode: Aos 65 anos, o cantor faleceu no dia 18 de novembro, por conta de um câncer no pulmão. Ele foi levado ao hospital, mas, infelizmente, não sobreviveu.

 

Fábio Barreto: O diretor e ator Fábio Barreto faleceu no dia 20 de novembro, após passar quase 10 anos em coma, por conta de um acidente de carro. Ele partiu aos 62 anos, deixando uma carreira como cineasta, em que dirigiu aproximadamente 13 longas.

Gugu Liberato: O grande comunicador e animador Gugu Liberato faleceu no dia 22 de novembro, aos 60 anos. A morte do apresentador pegou a todos de surpresa e gerou muita comoção. Gugu estava em Orlando, na casa onde morava, quando caiu de uma altura de quatro metros ao tentar consertar um ar condicionado. Ao bater a cabeça, a situação só piorou e, quando chegou ao hospital, o estado de saúde de Gugu já era gravíssimo.

 

Henry Sobel: O rabino morreu aos 75 anos, no dia 22 de novembro. Infelizmente, Henry foi mais uma vítima de um câncer. Ele foi criado durante a infância nos Estados Unidos, mas em 1970 veio ao Brasil.

Charles Gutemberg: No dia 26 de novembro, o humorista, que ficou conhecido pelo personagem ‘Rapadura’, faleceu após passar por uma cirurgia intestinal. Ele tinha 57 anos e ficou conhecido por construir sua carreira no SBT, no programa ‘A Praça É Nossa’.

Dezembro

Ron Leibman: O ator americano ficou famoso por viver o Dr. Green, na famosa série ‘Friends’, e era o pai da protagonista Rachel (Jennifer Aniston). Ron morreu no dia 6 de desembro, aos 82 anos.

Marie Fredriksson: A cantora e vocalista do Roxette morreu aos 61 anos, no dia 10 de dezembro. Marie faleceu em decorrência de um câncer no cérebro.

Rodrigo Motta: O bailarino da cantora Anitta, que participou do clipe ‘Vai Malandra’, faleceu no dia 10 de dezembro, aos 28 anos. Rodrigo foi assassinado, mas poucas informações foram divulgadas. Anitta chegou a comentar o caso e apontou para a violência do Rio de Janeiro.

Carolina Sada: A modelo mexicana morreu aos 32 anos após passar por duas cirurgias plásticas: rinoplastia e lipoaspiração. Carolina morreu no dia 10 de dezembro, em Monterrey, no México.

Adrielle de Oliveira: A Miss Alagoas Mundial morreu aos 19 anos, no dia 13 de dezembro. A jovem teve uma triste partida e faleceu carbonizada em um acidente de carro.

Chuy Bravo: Aos 63 anos, o ator e humorista mexicano foi levado às pressas ao hospital, no dia 15. Chuy foi ao hospital para tratar problemas estomacais, mas acabou sofrendo um infarte.

Igor Oliveira: O cantor sertanejo, com nome verdadeiro Valdeci dos Santos, morreu aos 27 anos. Igor foi vítima de um acidente automobilístico no dia 16 de dezembro e não sobreviveu.

Zilda Cardoso: A atriz morreu aos 83 anos, no dia 20 de dezembro. Zilda ficou muito famosa ao viver a personagem Catifunda, na Escolinha do Professor Raimundo. Ela foi encontrada sem vida na casa onde morava em São Paulo.

João Bosco Homem de Carvalho: O pai do sertanejo João Bosco [da dupla com Vinicius] faleceu no dia 21 de dezembro, aos 61 anos. De acordo com informações da assessoria, ele faleceu após complicações devido a um procedimento cirúrgico realizado na última semana.

Bira: O baixista do programa do Jô Soares faleceu no dia 22 de dezembro aos 85 anos. Bira estava internado e lutava pela vida após sofrer um Acidente Vascular Cerebral.

Veja também:

Retrospectiva: Famosos que morreram em 2018



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here